ARTIGOS

Hotelaria e Sustentabilidade

É fato que existe um conceito atual de gestão focada na sustentabilidade, em função da escassez e do uso equivocado dos recursos naturais e consequente degradação do meio ambiente. Os hotéis precisam se preocupar com investimentos na preservação do meio ambiente, o que inclui também ações sociais, assumindo responsabilidades, e deixando no passado o conceito de apenas entregar produtos/serviços.

Uma gestão, também com foco em Sustentabilidade, e bem implantada, pode proporcionar redução significativa de custos operacionais, otimização de recursos e refletir de maneira positiva na imagem do Hotel.

Alguns benefícios, de maneira mais especifica, são:

- racionalizar a aquisição e utilização de insumos e matérias-primas;

- contratar produtos/serviços de fornecedores com o mesmo viés de consciência socioambiental;

- atenuar significativamente a pegada ecológica** do hotel;

- proporcionar um diferencial competitivo dentro do mercado atual.

Se a Qualidade foi a vedete da década de 90 no setor de serviços, a Sustentabilidade, sem dúvida  é o principal alicerce de qualquer segmento econômico deste milênio. E a hotelaria não poderia, sob pena de prejudicar seu desenvolvimento, ficar à margem desta nova ordem.

O Hóspede, enquanto consumidor de um serviço que oferece bem estar, acolhimento e facilidade entre outros, tem demonstrado sua percepção cada vez mais crítica quanto aos temas relacionados ao meio ambiente e a Sustentabilidade.

Em consequência desta postura do hospede o segmento hoteleiro mundial vem investindo cada vez mais nesta área, em um primeiro momento visando apenas a redução de custos, mas vem demonstrando maior percepção na grandeza dos benefícios que podem advir desta nova postura. O caminho ainda é longo, mas já podemos enxergar luz no fim do túnel.

Na Europa os hotéis já têm mais vivencia sobre esse assunto, e têm usado técnicas para minimizar o uso ou otimizar de recursos naturais como energia e água.

Os hotéis asiáticos também têm demonstrado ótimos exemplos de preocupação e ações que minimizem os impactos ambientais. No Brasil, a ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, já empreende grandes esforços para que se adotem praticas mais conscientes, mas sabemos que se faz necessária uma mudança de cultura. Precisamos além de cuidar do Negócio (colaboradores e fornecedores), também conscientizar a população no ambiente do entorno (diretos ou indiretos) dos empreendimentos hoteleiros.

** Pegada Ecológica: A expressão Pegada ecológica ou Pegada de carbono é uma tradução do Inglês ecological footprint. A expressão é atualmente usada ao redor do globo como um indicador de sustentabilidade ambiental. Pode ser usado para medir e gerenciar o uso de recursos através da economia. É comumente usada para explorar a sustentabilidade do estilo de vida de indivíduos, produtos e serviços, organizações, setores industriais, vizinhanças, cidades, regiões e nações.

Armando Lardosa